terça-feira, 16 de março de 2010

Ensinando a respeitar as diferenças


Now, the world don't move
to the beat of just one drum,

What might be right for you,
 may not be right for some.

A man is born,
he's a man of means.

Then along come two,
 they got nothing but their jeans.


But they got,
Diff'rent Strokes.

It takes,
 Diff'rent Strokes.

It takes,
Diff'rent Strokes to move the world.


Everybody's got a special kind of story

Everybody finds a way to shine,

It don't matter that you got not alot

So what,

They'll have theirs, and you'll have yours, and I'll have mine.

And together we'll be fine....



Because it takes,
 Diff'rent Strokes to move the world.

Yes it does.

It takes, Diff'rent Strokes to move the world.


2 comentários:

Gestão Tributária disse...

Acredito que o movimento pela igualdade racial nos Estados Unidos da América se confunde com um movimento controverso sobre qual raça vai alcanlar o posicionamento de líder. O que é válido em tudo isso é que pelo menos se expõe que existe de fato preconceito e que este está em todo lugar, inclusive nas leis, e isso oportuniza o debate e o confronto intelectual, que não harmoniza porém não inibe fazendo fingir que nada acontece, a exemplo do Brasil. A discussão e a exposição de idéias e ideais é sempre bem vinda!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Butterfly Back disse...

Perfeito!