sexta-feira, 2 de julho de 2010

Teoria da conspiração

A frase "eu avisei" deixa qualquer um muito consternado. Mais do que já estava. Ninguém gosta de perder. Só esquecemos que perder ensina muito, principalmente que existem coisas que não temos ideia, contudo, existem coisas que nos contam mas, pela força do hábito do povo de um país em desenvolvimento, teimamos em não acreditar. Isso me lembra um professor de literatura que tive num cursinho pré vestibular que participei, em 1993. Um cara fantástico. Uma vez falávamos do poder do cinema norte americano, quando ele disse que existiam filmes com dois finais e, nem sempre o final que veicula nos países de primeiro mundo também passa por aqui. Lógico que a turma, mais de cinquenta pessoas na época, veio à baixo. Depois de muito zum zum zum, ele conseguiu explicar. Algo mais ou menos assim: alguns filmes vêm para o Brasil com o final alternativo pois, podemos culpar a visão romântica, se o "mocinho ou mocinha" morre ou perde no final, poderia significar perda de bilheteria. Algumas pessoas da indústria acreditam que não temos capacidade de discernir isso. Confesso que saí da aula muito confusa, mas comecei a prestar mais atenção nas coisas. Com o advento do dvd, podemos constatar uma série de filmes que, hoje, trazem o final alternativo como opção de divertimento.

Bem, nem tão feliz assim se deu o fim da COPA DO MUNDO 2010 para meus caros amigos que torciam. Eu, com todo o foco a respeito de futebol que vocês já sabem, tinha a minha convicção: a de que o país não se veria campeão hoje, para poder usufruir disso em 2014. Não foi eu quem disse, e sim vários especialistas, e eu acreditei. Deveria ter apostado uma grana forte, assim poderia comprar uns livros que estou muito a fim, mas tudo bem. Sinto muita pena dos torcedores, dos guerreiros. Dos que nada ganharam ou ganhariam coma vitória tão sonhada. Do choro destes, tenho compaixão. De verdade. É uma torcida ingênua, despretensiosa, com vontade de ser feliz, sem vantagem alguma. Mas, do grande comércio, não. Esses têm a obrigação de saber a verdade e que o perecível estraga. Mas, de quem realmente sinto ojeriza, é do seleto grupo que decide quem sorri e quem chora nos grandes eventos mundiais. Muitos, não vou dize de onde, sabiam claramente o resultado desta sexta e ainda sabem o resultado final. É assim que eles jogam. O incrível é que nada os atinge. O grupo de atletas retornará a seu país ouvindo muito desaforo ainda, podendo contar seriamente com a falta de respeito e consideração, sobretudo, seu líder. Engolirão quietos. Os grandões, nada farão para defendê-los. Sei bem que no meio dos envolvidos, sempre tem aquele que não está nem aí, que ganhará sua fortuna de qualquer maneira, mas também há o que gosta de competição, gosta      de vencer, gosta do que faz. O que significa que faria até de graça. Para este, então, digo: Eu te avisei... você já sabia. Mas ainda há o reforço: 2014 já foi negociado. Comporte-se para ser convocado.

3 comentários:

Átila disse...

Tomara que você esteja certa. Perder de novo a copa aqui no Maracanã será um trauma jamais superado por esse povo apaixonado pelo esporte brteão!

Kleidianne disse...

E me deparo com mais uma teoria da conspiração rsrs sem ofensas.

Recebi um email avisando que a FIFA já havia programado todos os vencedores até 2014. Segundo o email, a Argentina seria campeã em 2010. Talvez o email tenha errado os campeões, mas exista mesmo um tipo de demarcação desses campeões... ou não...

ótimo texto!

Carlos Roberto de Oliveira disse...

Não tenho a mesma opinião que você, o que se pode conferir na postagem que fiz sobre o tema no meu blog, o Dando Pitacos, até porque se assim fosse não teríamos perdido a Copa de 50 em pleno Maracanã.

Mas respeito a sua "Teoria da Conspiração". Ela tem uma boa dose de lógica. Afinal, a Argentina tinha que ganhar do Peru de 6 x 0 em 1978 e ganhou, numa das partidas mais vergonhosas do futebol mundial.

Um grande abraço...